Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/11 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Vinte anos sem o poeta maldito Serge Gainsbourg

Vinte anos sem o poeta maldito Serge Gainsbourg
 
A obra de Serge Gainsbourg está sendo descoberta pelas novas gerações. D.R

Irreverente, provocador e insubmisso, Serge Gainsbourg foi acima de tudo um poeta e um músico de raro talento. Autor de Je T'aime... Moi Non Plus, ele colocou todos os estilos musicais à serviço de sua escritura refinada e de seu gosto pelo erotismo. Amante de musas como Brigitte Bardot e Jane Birkin, para as quais escreveu, Serge trabalhou igualmente com grandes artistas franceses e internacionais. Mas Gainsbarre, como ele ficou conhecido nos anos 80 por seu lado destrutivo, acabou precipitando a partida de Gainsbourg. Ele se foi no dia 2 de março de 1991, do quinto ataque cardíaco provocado pelo consumo excessivo de álcool e tabaco. Descoberto pelas novas gerações, suas músicas foram gravadas por, entre outros, Beck, Placebo e REM. Recentemente o grupo Black Eyed Peas anunciou que vai retomar seu álbum culto, A História de Melody Nelson. Dandy moderno, Serge Gainsbourg ainda não acabou de revelar todos os seus segredos.

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.