Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/05 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 24/05 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 24/05 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/05 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/05 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/05 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/05 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/05 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Agenda de Mourão nos EUA é mais diversificada do que a de Bolsonaro

media O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão REUTERS/Ricardo Moraes

Depois do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, agora é a vez do vice, Hamilton Mourão, realizar uma visita oficial aos Estados Unidos. Ele embarca nesta sexta-feira (5) e permanece no país até o dia 10 de abril.

Ligia Hougland, correspondente da RFI em Washington

A visita do vice-presidente Hamilton Mourão aos Estados Unidos apresenta uma agenda mais abrangente e diversificada que a cumprida pelo presidente Jair Bolsonaro, durante sua passagem por Washington e visita a Donald Trump, há cerca de três semanas.

Uma série de reuniões aguardam Mourão, já no sábado (6), durante a Brazil Conference, em Boston, incluindo com o empresário Jorge Paulo Lemman, com o ministro de Lula e acadêmico de esquerda, professor Roberto Mangabeira Unger, além de encontros com estudantes brasileiros. No domingo (7), Mourão será o principal palestrante da conferência ao falar sobre os primeiros 100 dias do governo de Bolsonaro.

Encontro com o vice-presidente americano

Depois disso, ainda no domingo, ele irá para Washington. Mourão ficará três dias na capital americana. Ele tem encontro marcado com Mike Pence, para que, segundo ele, “os dois vice-presidentes tenham a oportunidade de se conhecer”. Os detalhes do encontro ainda não foram divulgados.

Na segunda-feira (8), Mourão se reunirá com empresários americanos e dará uma entrevista coletiva. Além disso, o vice-presidente brasileiro tentará se reunir com parlamentares. Isso não foi possível para Bolsonaro, pois o Congresso americano estava em recesso na ocasião de sua viagem.

A visita do vice brasileiro deverá receber destaque da imprensa americana, principalmente devido à aparente dissonância entre Bolsonaro e Mourão quanto à possível transferência da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém. Este tema sempre desperta grande interesse em Washington.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.