Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Bolsonaro chega a Israel e é chamado de "amigo" por Netanyahu

media O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, gesticula ao lado do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, durante uma cerimônia de boas-vindas em sua chegada a Israel, no aeroporto internacional Ben Gurion, perto de Tel Aviv, Israel. 31/03/2019 REUTERS/Ronen Zvulun

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro desembarcou neste domingo (31) em Tel Aviv para uma visita de quatro dias a Israel. O avião do presidente pousou por volta das ‪9h45 da manhã (‪4h45 da manhã, horário de Brasília).

Daniela Kresch, correspondente da RFI em Tel Aviv

“Eu amo Israel”, disse Bolsonaro, em hebraico, ao lado do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu – que raramente se desloca para o aeroporto para se encontrar com chefes de Estado.

Em 10 anos, Netanyahu faz essa honraria apenas cinco vezes.

Bolsonaro chamou Netanyahu de “irmão” e disse que quer espera levar ensinamentos de Israel para o Brasil.

“Olha o que eles não têm e veja o que eles são. E olha o que nós temos e veja o que não temos. Como poderemos ser iguais a eles? Ter a mesma fé que eles têm”, disse Bolsonaro.

O presidente também agradeceu a ajuda israelense em Brumadinho e afirmou que seu governo “está firmemente decidido em fortalecer a parceria Brasil-Israel”.

“Meu amigo, estamos fazendo História”, disse Netanyahu. “Fico feliz que apenas três meses depois de sua posse, em sua primeira viagem fora do continente americano, você venha a Israel para levar nosso relacionamento a um novo patamar”.

Ainda hoje, Bolsonaro assinará acordos de cooperação com Israel e terá um encontro privado com Netanyahu.

Bolsonaro e Netanyahu farão também uma declaração conjunta. À noite, será recebido para um coquetel na residência oficial do primeiro-ministro.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.