Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 13/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 13/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 13/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 13/12 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 13/12 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 13/12 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 09/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 09/12 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Para presidente do Chile, Bolsonaro tem plano econômico que Brasil precisa

media Foto de arquivo do presidente chileno, Sebastián Piñera. REUTERS/Rodrigo Garrido

Em visita a Madri, o presidente chileno, Sebastián Piñera, elogiou o plano econômico do candidato da extrema direita à presidência, Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (9). No entanto, ressaltou que o desconhecimento sobre a trajetória do peesselista gera "uma grande incerteza".

Para Piñera, não há dúvidas: os planos de Bolsonaro de abertura econômica do Brasil vão colocar o país na melhor direção. 

"Os sinais que ele está dando sobre abrir a economia brasileira, reduzir o déficit fiscal, reformar as aposentadorias e reduzir o tamanho do setor público com privatizações é o que um país como Brasil, o que um gigante, precisa", disse Piñera durante um encontro econômico do jornal espanhol El País

Em contrapartida, o presidente chileno afirmou que "ninguém conhece muito bem sua trajetória", o que gera dúvidas em relação ao candidato do PSL. Também demonstrou estar a par das polêmicas nas quais Bolsonaro está envolvido

"O povo votou mais contra os demais políticos do que a favor de Bolsonaro, e por isso há uma grande incerteza", declarou o presidente chileno, ressaltando as declarações "homofóbicas" e "sua linguagem muito agressiva com as mulheres".

Piñera se referiu a Bolsonaro ao falar sobre uma América Latina "muito convulsionada, com muitas tensões", destacando a "situação (econômica) muito complexa" na Argentina e o "drama" da crise econômica e "humanitária" na Venezuela.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.