Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 13/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 13/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 13/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 13/12 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 13/12 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 13/12 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 09/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 09/12 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Países de língua portuguesa preparam Encontro Mundial das Câmaras de Comércio no Rio

Países de língua portuguesa preparam Encontro Mundial das Câmaras de Comércio no Rio
 
George Teixeira, presidente honorário da Confederação Empresarial da CPLP e presidente da Confederaçéao das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil. RFI/Márcia Bechara

O RFI Convida nesta quinta-feira (1°) George Teixeira, presidente honorário da CE CPLP, a Confederação Empresarial da Comunidade de Países de Língua Portuguesa e presidente da CACB, a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil. De passagem por Paris, ele se prepara junto com outros líderes do setor, o 11° Encontro Mundial de Câmaras do Comércio, que acontecerá no Rio de Janeiro, em junho de 2019.

George Teixeira começou a semana em Bruxelas, na EuroChambers, e continua a agenda de reuniões estratégicas com empresários na capital francesa, onde fica a sede mundial da International Chamber of Commerce (ICC). “A CACB é a entidade mais antiga das Américas. Foi fundada na Bahia há 215 anos, estamos presentes em todo o Brasil com 2,3 mil associações comerciais, na grande maioria dos 5,5 mil municípios brasileiros. Estamos presente nos 27 estados da federação, temos uma participação de mais de 2 milhões de empresas associadas”, conta o empresário.

O evento mundial das câmaras de comércio reúne, segundo Teixeira, 210 países. “Esperamos receber mais de 2 mil empresários de todo o mundo, nesse encontro que acontece a cada dois anos e que vai acontecer pela primeira vez no Brasil”, explica.

“Evidente que o Brasil tem uma indústria muito grande. Temos produtos agrícolas, somos o maior exportador de soja, de grãos, de milho, de carne, tanto de boi quanto de frango, mas também temos indústria automobilística, temos derivados de petróleo, uma indústria calçadista muito grande, mas reconheço que é muito pouco. Os países da África são muito mais voltados para seus produtos agrícolas e primários. O trabalho que a CPLP está fazendo é que nós possamos ter novas tecnologias, produtos com mais valor agregado, para que os industriais, empresários e a população se beneficiem disso”, analisa.

Um dos papeis fundamentais da CE CPLP e da CACB é justamente criar um ambiente seguro para que empresários possam investir. “Temos incentivado os micro, pequenos e médios empresários para que possam ter capitais de risco com juros mais baratos, às vezes até subsidiado, com um fundo de aval, onde os empresários podem dispor destes recursos para que haja desenvolvimento”, conclui Teixeira.

Para ver a entrevista completa, basta clicar no vídeo abaixo:


Sobre o mesmo assunto

  • Brasil/Economia

    “Brasil é um dos países mais interessantes para investidores”, diz Abílio Diniz

    Saiba mais

  • "Estamos nos esforçando para acreditar no Brasil", diz patronato francês

    Saiba mais

  • CABO VERDE

    Cabo Verde: consenso sobre revisão do código laboral e subsídio de desemprego

    Saiba mais

  • RFI CONVIDA

    Startup carioca alia tecnologia de ponta e fornecedores franceses para criar produtos 100% recicláveis

    Saiba mais

  • RFI CONVIDA

    "Transformamos a China de concorrente a mercado para nossos calçados", conta Roberta Ramos

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.