Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/02 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/02 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/02 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/02 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/02 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/02 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 18/02 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 18/02 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Festival franco-brasileiro Curta com Teatro celebra cinco anos de exibição de peças e filmes

Festival franco-brasileiro Curta com Teatro celebra cinco anos de exibição de peças e filmes
 
A atriz e diretora do Festival Curta com Teatro, Hissa de Urkiola. RFI

O Festival Curta com Teatro, conceito de programa variado criado pela atriz franco-brasileira Hissa de Urkiola, celebra cinco anos com uma programação incluindo exposição, publicação de livro e encenações de peças de teatro.

A criação do Festival surgiu quando Hissa morava em Paris. Paralelamente ao seu trabalho de atriz para televisão e teatro, recebia convidados em sua residência na ilha de Saint-Louis para apresentação de espetáculos culturais aos domingos. Os convidados passaram a interagir e até escrever pequenos textos que depois se transformaram em curtas-metragens.

Juntamente com o marido, o francês Guy Fouché, ela se instalou no Rio de Janeiro e transportou o conceito desenvolvido na capital francesa. O casal encontrou no Museu do Exército do Forte de Copacabana o local ideal para apresentação dos espetáculos, que misturam filmes e peças de teatro de curta duração.

“O programa variado ganhou uma cara Brasil-França, com filmes cedidos pelo ministério da Cultura pela mediateca da Embaixada da França, ou cedidos por amigos e com montagens das peças teatrais curtas de época francesas e brasileiras”, conta Hissa.

Na programação do Curta com teatro estão autores de época franceses e brasileiros, entre eles, Georges Feydeau, Machado de Assis, Artur de Azevedo, Martins Pena, entre outros.

“O público gosta muito, é como se pudéssemos ver como viviam nossos avós e bisavós. São comédias românticas leves”, explicou Hissa na entrevista à RFI Brasil.  

A carioca está a frente de uma companhia formada por atores jovens e outros mais experientes radicados no Rio de Janeiro. O trabalho envolve muita pesquisa e tradução, mas é realizado em uma estrutura pouco onerosa. O grupo ensaia se apresenta no Forte de Copacabana, em contrapartida oferece os espetáculos de graça. O Festival vive de patrocínios captados pela lei do audiovisual.  

O trabalho também é levado a escolas públicas nas zonas norte e sul do Rio e a companhia ainda organiza todos os anos uma oficina de teatro e vídeo para crianças da comunidade do Cantagalo.

Celebração

A apresentação de três curtas-metragens e cenas de teatro no início de janeiro na Embaixada do Brasil em Paris deu a largada para um ano que promete ser de muitas ambições para o Festival.

Em 2018, o Curta com Teatro vai montar uma exposição sobre os cinco anos de atividades, “para retratar o empreendedorismo cultural”, segundo Urkiola.

Além disso, a companhia teatral se debruça a partir deste ano em textos do francês Molière, em pequenos atos. Fiel ao estilo de espetáculos curtos, será montado este ano apenas o primeiro ato de Don Juan. A sequência virá nos anos seguintes.

Os projetos incluem ainda a montagem de Teatro a Vapor, um trabalho de resgate do movimento liderado por Artur de Azevedo que propunha peças curtíssimas, de até 15 minutos, para serem apresentadas em qualquer lugar.

Como parte das comemorações, o Festival Curta com Teatro vai publicar a tradução da primeira peça curta Pela janela, escrita no século XIX por Georges Feydeau, aos 19 anos. O conteúdo será ainda disponibilizado no site do Festival.
“Nossa intenção é de nos tornamos um site de referência para pequenas peças de teatro francesas e brasileiras para dois, três, quatro atores”, diz Hissa.

 


Sobre o mesmo assunto

  • RFI CONVIDA

    “Nosso festival é um projeto de paz e harmonia”, diz Andréa Darocha, organizadora do Festival de Cinema Latino de Epernay.

    Saiba mais

  • Cultura

    Filmes brasileiros concorrem em várias categorias no festival de cinema de Biarritz

    Saiba mais

  • RFI CONVIDA

    Filme brasileiro participa de festival sobre a deficiência em Cannes

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.