Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Temer aproveita cúpula dos Brics para assinar acordos com Índia

media O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi (e) com o ministro brasileiro das Relações Exteriores, José Serra, e o presidente Michel Temer. Beto Barata / PR

O presidente brasileiro Michel Temer assinou nesta segunda-feira (17) acordos bilaterais de cooperação com a Índia na área farmacêutica e agropecuária. Os contratos foram firmados durante a visita do chefe de Estado ao país para a cúpula dos Brics.

Durante a visita da comitiva do governo brasileiro a Goa, na Índia, os dois países assinaram, no campo farmacêutico, um memorando de entendimento para cooperação em regulação de produtos. O acordo, que não teve mais detalhes revelados, foi firmado entre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Organização Central de Controle de Qualidade de Medicamentos do Diretório Geral dos Serviços de Saúde da Índia (CDSCO/DGHS).

Já no setor agropecuário, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agrícola (Embrapa), assinou dois acordos com o governo indiano. O primeiro, para cooperação em genoma bovino e tecnologias de reprodução assistida, em parceria com o Departamento de Reprodução Animal, Laticínios e Pesca da Índia. O segundo, um memorando de entendimento para cooperação na área de recursos genéticos, agricultura, zootecnia, recursos naturais e pesca, assinado com o Conselho Indiano de Pesquisa Agrícola.

Michel Temer também afirmou que pretende ampliar as relações do Brasil com a Índia na área da defesa. Na véspera, durante a reunião dos Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o presidente afirmou aos demais líderes do bloco que a economia brasileira está entrando nos trilhos e defendeu as metas de ajuste fiscal.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.