Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Imprensa internacional critica desempenho da seleção masculina de futebol

media Neymar após empate contra a seleção da África do Sul, nos Jogos Olímpicos do Rio. REUTERS/Ueslei Marcelino

“Neymar cristaliza as críticas à seleção no Brasil”, afirma a rádio francesa Europe 1 em seu site de notícias. “As coisas se complicam para o Brasil no torneio de futebol”, e os torcedores “tiveram que se contentar com um segundo jogo empatado em zero a zero”, diz Europe 1, que avalia que a seleção brasileira masculina se mostrou “ultra dominante” durante o jogo contra o Iraque mas, que, mais uma vez, a falta de jeito do atacante Neymar não deu conta de finalizar jogadas importantes.

O site da revista francesa L’Express vai mais longe e diz que “o Brasil de Neymar pode estar próximo da saída dos Jogos Olímpicos do Rio”. “Anunciados como principais favoritos à vitória final, os brasileiros não conseguiram colocar o Iraque em perigo nenhuma vez”, conclui.

O Le Figaro também não economiza críticas e afirma que “O Brasil de Neymar fracassou”, dizendo que o país dominou o jogo, mas demonstrou uma “enorme falta de jeito nas finalizações do ataque”. Já a Tribuna de Genebra estampa “segundo zero a zero para o Brasil de Neymar. Segundo o jornal suíço, “o time não conseguiu dominar o Iraque” e “a ineficácia da noite contra a África do Sul se tornou crônica, as vaias do público também”.

Frustração

O tablóide inglês The Mirror fala na “frustração dos anfitriões com o segundo jogo sem gols do time de Neymar”. “A estrela do Barcelona foi incapaz de quebrar a defesa iraquiana numa performance que recebeu mais vaias dos fãs locais”, disse o The Mirror.

O também inglêsDaily Mail  repercutiu as vaias dos torcedores brasileiros e lembrou que o Brasil nunca fui campeão olímpico de futebol. O jornal destacou a frustração dos fãs brasileiros, que chegaram a entoar “Marta, Marta”, segundo o Daily Mail, numa referência à capitã e estrela da seleção feminina de futebol, que vem desenvolvendo uma bela campanha “ao contrário da equipe masculina”, publica o jornal.

O New York Times pergunta em uma nota “O que deu errado com o futebol brasileiro?”, afirmando que “Neymar parecia não se entrosar bem com seus jovens companheiros de equipe”. O jornal americano termina dizendo que “os fãs estão ficando inquietos”.

Para o espanhol Sport, o “Brasil flerta com o ridículo e não passa de um vergonhoso zero a zero com o Iraque”. O site catalão também afirma que “a crise se instaurou no meio da seleção canarinha” e que a “ruptura com a torcida é evidente”. O também espanhol El Mundo Deportivo vai na mesma linha, dizendo que os “69 mil fãs vestidos de verde e amarelo vaiaram a equipe olímpica liderada por Neymar e exaltaram Marta, a líder da seleção feminina”.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.