Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 15/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 15/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 15/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 15/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Brasil não vive golpe de Estado, mas golpe político, diz historiadora francesa

Brasil não vive golpe de Estado, mas golpe político, diz historiadora francesa
 
Para a historiadora Armelle Enders, o processo de impeachment é constitucional, mas pode ser visto como um golpe político. RFI

O Brasil viveu mais uma semana agitada. Depois da saída do PMDB do governo de Dilma Rousseff, uma série de manifestações em apoio a presidente foram realizadas dentro e fora do país. Para completar, o Supremo Tribunal Federal aprovou a medida cautelar que tira a investigação sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva das mãos do juiz de primeira instância Sérgio Moro.

Durante os diversos debates e protestos organizados nos últimos dias, a comparação das tentativas de impeachment com o golpe de Estado de 1964 foram constantes, principalmente em uma semana em que o movimento que levou os militares ao poder completava 52 anos. Mas para a historiadora Armelle Enders, professora-assistente da Sorbonne, essa comparação deve ser feita com cautela. “Como a forma utilizada até agora é legal e segue um processo constitucional, é difícil falar de golpe de Estado. Mas, de uma certa forma, é um golpe político”, analisa a especialista em história do Brasil contemporâneo.

No RFI Convida, a pesquisadora também afirma que ainda é cedo para avaliar as consequências externas da crise política. No entanto, segundo ela, já é possível sentir o desgaste que os escândalos provocaram na imagem de Luiz Inácio Lula da Silva no exterior, onde ex-presidente quase sempre gozou de uma boa reputação. “Ele conseguiu colocar o Brasil no centro das relações internacionais e as acusações contra ele, mesmo ainda sendo investigadas, prejudicam a imagem do país”, diz a autora do livro “Os vultos da nação: fábrica de heróis e formação dos brasileiros”, publicado em português pela editora FGV.


Sobre o mesmo assunto

  • Protestos 'contra golpe' no Brasil são destaque na imprensa francesa

    Saiba mais

  • Brasil/ crise

    Saiba quais as semelhanças entre o golpe de 1964 e a crise política atual

    Saiba mais

  • Dilma/Crise

    Impeachment sem crime de responsabilidade é golpe, diz Dilma

    Saiba mais

  • Brasil/Crise

    Le Monde contesta teoria de golpe de Estado no Brasil

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.