Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/03 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/03 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/03 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/03 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/03 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/03 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/03 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 17/03 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Ciclone pode ter matado mais de mil pessoas, afirma presidente de Moçambique

Franklin Martins: “afastar Dilma será agressão à democracia”

Franklin Martins: “afastar Dilma será agressão à democracia”
 
O ex-ministro esteve em Paris. Antonio Cruz/Agência Brasil

Ex-secretário de Comunicação Social do governo Lula (2007-2011), Franklin Martins não arrisca dizer se a presidente Dilma Rousseff será destituída, mas adverte: “se for afastada, será uma agressão à democracia monumental”. Em entrevista à RFI Brasil em Paris, o jornalista ressalvou que “não se trata da personalidade do vice-presidente Michel Temer. Qualquer um que subir em cima de um golpe, não terá tranquilidade para fazer nada porque o Brasil não vai aceitar”.

A convite do Instituto de Estudos Políticos de Paris Sciences Po, Franklin Martins deu uma palestra nesta quarta-feira (30) sobre seu livro "Quem foi que inventou o Brasil?". A obra, em três volumes, reúne mais de 1.100 canções que contam a história da república de 1902 a 2002.

A Biblioteca da Sciences Po mantém atualmente uma exposição sobre a ditadura no Brasil com três vitrines de fotos de época e discos de vinil. Franklin Martins combateu a ditadura, teve papel importante nos movimentos que se opunham ao regime militar e defendeu, na época, a instalação de um regime socialista no país.

“Tentativa de golpe”

O ex-titular da Secom avalia que “as próximas semanas serão decisivas” para definir os rumos da crise política no país, que ele classifica como “lamentável”. “Há uma tentativa de golpe em curso, capitaneado pela grande imprensa, pelos partidos de oposição e com ramificações no judiciário, na Polícia Federal e no Ministério Público”, afirma o ex-ministro.

Para ele, a oposição tenta “reverter o resultado” das urnas. “Quem atentar contra a democracia será repudiado pelo povo brasileiro mais cedo ou mais tarde”, afirmou.

Nesta semana em que o Brasil lembra os 52 anos do golpe militar de 1964, e a Câmara discute o eventual afastamento da presidente Dilma Rousseff, Franklin Martins falou à RFI sobre seu livro e a crise política no Brasil, em um café parisiense ao lado da Sciences Po. Clique acima para ouvir a íntegra da entrevista.


Sobre o mesmo assunto

  • Brasil/Crise

    Le Monde contesta teoria de golpe de Estado no Brasil

    Saiba mais

  • Brasil/ crise

    Saiba quais as semelhanças entre o golpe de 1964 e a crise política atual

    Saiba mais

  • Protestos 'contra golpe' no Brasil são destaque na imprensa francesa

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.