Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 15/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 15/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 15/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 15/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Chegada do "Beaujolais Nouveau" no Correio dos Ouvintes

Chegada do
 
O artista francês SKWAK foi quem ilustrou a campanha do Beaujolais nouveau 2014.

No nosso encontro desta semana vamos falar do vinho Beaujolais que é sucesso não só na França como também internacionalmente e que chega às mesas francesas, tradicionalmente, na terceira quinta-feira do mês de novembro. São 110 países que aderem à manifestação. No nosso bate-papo, vamos tirar dúvidas dos nossos ouvintes e responder suas curiosidades.

 

O vinho Beaujolais

“O Beaujolais Nouveau chegou”, este cartaz pode ser lido em vários bares, restaurantes e bistrots por toda a França sempre na 3ª quinta-feira do mês de novembro. O Beujolais é um vinho jovem, elaborado com um único tipo de uva, a Gamay, preta com polpa branca.

Na década de 50, o lançamento oficial do Beaujolais era dia 15 de dezembro. Uma nova lei, em 1951, veio autorizar a venda do Beaujolais desde o 13 de novembro, em uma tentativa de harmonizar as datas com todos os eventos que aconteciam à volta do produto. Em 1985, foi oficializada a 3ª quinta-feira do mês de novembro para saída do vinho.

Durante o ano inteiro, 50 milhões de garrafas de Beaujolais Nouveau são produzidas.  A maior produção deste vinho é feita para exportação. Em 2013, foram mais de 100 mil hectolitros de Beaujolais novo que foram exportados para 110 países, o que representa mais de 40% do volume disponível no mercado. O Beaujolais é, assim, um dos líderes da vindima francesa na exportação. Com 7 milhões de garrafas, o Japão é o país que mais importa este vinho, seguido pelos Estados Unidos.

O Beaujolais 2014

A safra 2014 promete ser de ótima qualidade, o tempo ajudou com um começo de ano quente e seco, uma primavera ensolarada e um verão mais chuvoso, que proporcionou mais água para as uvas. Temperaturas amenas impediram a presença de parasitas nos frutos.

Para 2014, as primeiras degustações apostam em um vinho leve, com um caráter redondo, final de boca longo e perfeitamente equilibrado. Com um agradável sabor refrescante e uma complexidade nos aromas, boa acidez e estruturado, entre 12 e 13 % de graduação alcoólica.

Beaujolais Rosé

Em 2007, uma versão do Beaujolais Nouveau entrou no mercado, o rosé. Mas algumas lojas na França e no Japão já vendiam esta versão do Beaujolais desde 2006.

O Beaujolais rosé é um vinho de corpo médio: possui aromas e sabores de frutas vermelhas e baunilha. De cor vermelho-clara, esse tipo de vinho pode ser degustado até 5 anos após sua produção e deve ser servido entre 15ºC e 18ºC.

Produção e festa do Beaujolais

A região produtora deste vinho é a Rhone-Alpes, onde ficam as cidades de Lyon, Tarare e Beaujeu que comemoram com muitos festejos a chegada deste vinho.

Em Tarare, a 18ª edição da festa do Beaujolais começa desde a quarta-feira à noite com um jantar refinado onde todos esperaram meia-noite para juntar os prazeres da mesa ao prazer da descoberta do novo vinho.

Em Lyon, temos a décima quarta edição do Troféu Lyon Beaujolais Novo que reúne os enólogos franceses da região da Borgonha.

No Brasil você poderá degustar este vinho acessando o site www.mistral.com.br onde está à venda o vinho Beaujolais Joseph Drouhin. O Beaujolais Nouveau 2014 custa R$ 92,70 e o Beaujolais Villages Nouveau 2014 R$ 99,90.

 

  • Correio dos Ouvintes se despede após 30 anos no ar

    Correio dos Ouvintes se despede após 30 anos no ar

    Nosso programa Correio dos Ouvintes chega ao fim após três décadas de existência. Hoje, vamos conversar com os ouvintes que marcaram a emissão participando com a gente. …

  • Despedida e lembranças do Correio dos Ouvintes

    Despedida e lembranças do Correio dos Ouvintes

    No nosso penúltimo encontro Correio dos Ouvintes, abrimos espaço para relembrar a criação deste programa, a importância que teve para nossos ouvintes ao longo de três …

  • Internautas e ouvintes bombardeiam estereótipos da mulher brasileira no exterior

    Internautas e ouvintes bombardeiam estereótipos da mulher brasileira no exterior

    Por Márcia BecharaEm tempos de polêmica sobre feminismo e Simone de Beauvoir no Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio brasileiro, o Correio dos Ouvintes conversa com …

  • Festival da Canção Francesa no Correio dos Ouvintes

    Festival da Canção Francesa no Correio dos Ouvintes

    No nosso encontro deste domingo (25, o destaque é para o 8° Festival da Canção Francesa, comentado pelo ouvinte Sérgio Costa Goulart. Também temos gastronomia, com mais …

  • Festas tradicionais no Correio dos Ouvintes

    Festas tradicionais no Correio dos Ouvintes

    No nosso programa desta semana destacamos as festas tradicionais francesas do outono. No nosso bate-papo, conversamos com nosso ouvinte o Joacir Nunes que nos fala da …

  • Semana do Gosto no Correio dos Ouvintes

    Semana do Gosto no Correio dos Ouvintes

    No programa desta semana, destaque para a Semana do Gosto, "la Semaine du Goût", que acontece de 12 a 18 de outubro por toda a França. E no bate-papo, agradecemos os …

  • Festa do Vinho no Correio dos Ouvintes

    Festa do Vinho no Correio dos Ouvintes

    No nosso programa desta semana dedicado aos aniversariantes do mês de outubro, destacamos o começo da colheita das uvas para preparação do vinho. No hemisfério norte, …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.