Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 21/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 21/06 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/06 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 17/06 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Torcedor morto por privada arremessada em estádio é destaque na imprensa mundial

media Torcedor morto após ser atingido por um vaso sanitário. REUTERS/Guga Matos/JC Imagem

A pouco mais de um mês do início da Copa do Mundo, o Brasil volta a chamar a atenção da imprensa internacional por causa da violência nos estádios de futebol. A morte de um torcedor, alvo de uma privada arremessada no estádio do Arruda em Recife, é vista com perplexidade fora do país. Recife vai receber cinco jogos da Copa do Mundo.

Sites esportivos franceses e internacionais reagiram com estupefação à morte de Paul Ricardo Gomes da Silva, 26, no estádio do Arruda no Recife. O jovem torcedor do Paraná morreu instantaneamente ao ser atingido pela privada atirada do alto das arquibancadas na sexta-feira passada (2). Outros três torcedores ficaram feridos.

Com esse episódio, "a violência nos estádios brasileiros volta, infelizmente, a ser o centro das preocupações”, diz o site francês Foot Mercato, especializado em notícias de futebol. O jornal gratuito MetroNews, que é categórico e avalia que a "violência continua a reinar no futebol brasileiro", classificou o ato de “selvageria”.

Ao longo do final de semana e nesta segunda-feira, a notícia da morte do torcedor brasileiro também apareceu nas páginas de esporte de jornais como o britânico Daily Mail. Na versão eletrônica, o diário traz uma longa reportagem ilustrada com várias fotos do estádio, do torcedor morto e dos estilhaços do vaso sanitário que matou Paul Ricardo Gomes da Silva. “Violência envolvendo grupos de torcedores são muito comuns no Brasil e o número de incidentes cresceu no ano passado”, escreve o Daily Mail.

Histórico de violência

As autoridades brasileiras informaram que os próximos jogos no Estádio do Arruda serão disputados sem as torcidas. Mas, para a imprensa, a eficácia desse tipo de medida é questionável. “No ano passado, 30 pessoas morreram em violências ligadas ao futebol dentro e fora dos estádios”, noticia a Bloomberg.

A agência também mencionou outros casos recentes. Também neste final de semana, 40 pessoas foram presas em uma confusão na área externa do estádio de Natal, que foi construído para a Copa do Mundo. Em fevereiro deste ano, a Bloomberg e o Daily Mail lembraram ainda que um grupo de torcedores do Corinthians invadiu o centro de treinamento do clube para atacar os jogadores.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.