Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Trump quer aumentar tarifas sobre vinho francês consumido nos EUA

media O presidente americano, Donald Trump, considera injustas as tarifas impostas ao vinho americano na França. Ethan Miller / Getty Images North America / AFP

O presidente americano, Donald Trump, deu a entender nesta segunda-feira (10) que pode aumentar as tarifas sobre o vinho francês consumido nos Estados Unidos. Segundo ele, a medida aconteceria em retaliação às tarifas aduaneiras impostas ao vinho americano na França.

"A França impõe muitas taxas ao vinho americano e nós cobramos baixas taxas sobre o vinho francês", afirmou Trump à rede de TV CNBC. "Não é justo, precisamos fazer algo para reequilibrar isso", reiterou.

Essa não é primeira vez que o líder republicano reclama do desequilíbrio comercial entre os vinhos dos dois países. Em novembro de 2018, Trump já havia abordado a questão ao alfinetar o presidente francês, Emmanuel Macron.

"A França produz vinhos excelentes, mas os Estados Unidos também. O problema é que a França torna muito difícil para os Estados Unidos venderem vinhos na França, cobrando altas taxas, enquanto os Estados Unidos facilitam para os vinhos franceses, e cobram tarifas muito baixas. Não é justo, isso tem que mudar!", publicou Trump no último 13 de novembro.

França não estabelece as tarifas ao vinho americano

As novas reclamações do presidente americano acontecem em um momento em que os Estados Unidos e a União Europeia discutem um novo acordo comercial. Até o momento, Bruxelas se mostrou contrária à possibilidade de incluir o setor agrícola no tratado. Por outro lado, a França, como membro da União Europeia, não estabelece por vontade própria as tarifas cobradas pela importação de produtos americanos a seu território.

De fato, existe um desequilíbrio nas tarifas aduaneiras sobre o vinho, produto francês de excelência. Nos Estados Unidos, as taxas variam entre € 0,053 centavos a € 0,149 por garrafa, em função do tipo de vinho e seu nível alcoólico. Na Europa, as tarifas sobre as importações do vinho americano custam entre € 0,11 e € 0,29 centavos por garrafa.

Entretanto, ao contrário do que sugere Trump, o mercado europeu está longe de se mostrar fechado aos Estados Unidos. A União Europeia é, aliás, o primeiro mercado de exportação do vinho americano. Entre 2007 e 2018, as vendas de garrafas "made in America" registraram uma progressão de 200% na França.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.