Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/09 15h00 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

"Bolsonaro fugiu", diz prefeito de NY após presidente brasileiro desistir de homenagem

media O presidente Jair Bolsonaro em Brasília, 28 de março de 2019. REUTERS/Ueslei Marcelino

"Jair Bolsonaro acaba de aprender da maneira mais difícil que os nova-iorquinos não fecham os olhos para a opressão", disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, neste sábado (4).

"Nós alertamos para seu fanatismo. Ele fugiu. Não é uma surpresa - agressores (bullies) geralmente não aguentam um soco", continou Bill de Blasio no Twitter, fazendo menção à desistência de Jair Bolsonaro, anunciada nesta sexta-feira (3), de participar de jantar de gala em sua homenagem, após tsunami de críticas e desistências de empresas patrocinadoras do evento.

Bolsonaro receberia o título de "Personalidade do Ano" da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, no dia 14 de maio. "O ataque de @jairbolsonaro aos direitos LGBT e seus planos destrutivos para o nosso planeta são refletidos em muitos líderes - incluindo muitos aqui em nosso país. Todos devem se levantar, falar e lutar contra esse ódio imprudente", declarou Blasio. "Já vai tarde Jair Bolsonaro, seu ódio não é bem-vindo aqui", concluiu o prefeito de Nova York.

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.