Ouvir Baixar Podcast
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 18/01 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 18/01 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 18/01 08h30 GMT
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 17/01 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 17/01 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 17/01 14h00 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 13/01 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 13/01 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Incêndios na Califórnia continuam deixando rastros de destruição e morte

media Um bairro destruído pelo incêndio Carr, em Redding, Califórnia (27/07/2018). REUTERS/Fred Greaves

Cerca de 12.000 bombeiros lutavam nesta segunda-feira (30) contra chamas de 17 grandes incêndios que avançam na Califórnia, alimentados pela seca e ventos, e que mataram pelo menos sete pessoas.

"Eu vivi nesta comunidade toda a minha vida e nunca tinha visto um incêndio que provocasse tanta destruição", confessou o supervisor do condado de Shasta, Leonard Moty, referindo-se ao incêndio "Carr", um dos maiores, que assola o norte da Califórnia.

Alyce Macken lembrou à AFP que ela e seu marido Ted tiveram apenas alguns minutos para fugir de casa, na cidade de Redding: "Às seis horas da manhã alguém bateu na porta, e o comissário nos disse que tínhamos 15 minutos para sair. Saímos em 10. Eu estava tremendo".

Macken, que é aposentada, explicou à AFP que ela fugiu e encontrou outros vizinhos em estado de pânico em um shopping center próximo, de onde viu sua casa queimar. "Foi quase como um furacão de fogo que veio sobre a colina e varreu nossa casa e a do nosso vizinho", explicou.

Cerca de 38 mil moradores do condado de Shasta foram retirados de suas casas pelas autoridades devido ao incêndio Carr, que já destruiu quase 39 mil hectares. Apenas 17% do fogo está controlado.

Uma névoa espessa de fumaça cobrindo uma grande área do norte da Califórnia provocava problemas respiratórios e limitava a visibilidade.

Segundo os Serviços de Emergência do Governo da Califórnia (Cal OES), 12 mil bombeiros de várias partes do país, incluindo Flórida e Nova Jersey, ajudam no combate aos incêndios no estado.
   
Bombeiros morrem em pleno combate ao fogo
   
O bombeiro Brian Hughes morreu no domingo (29), enquanto lutava contra o incêndio de Ferguson, ativo perto do Parque Nacional de Yosemite. Hughes foi surpreendido pela queda de uma árvore enquanto tentava dominar o fogo, informou o Serviço de Parques Nacionais de Sequoia e Kings Canyon.

Já o corpo de uma pessoa que ignorou as ordens para deixar sua casa com o avanço do fogo de Carr foi encontrado em uma residência incendiada no domingo, segundo o xerife do condado de Shasta, Tom Bosenko.

O incêndio Carr também tirou a vida de dois bombeiros e três habitantes de Redding, uma mulher de 70 anos e seus dois bisnetos de quatro e cinco anos de idade.

Donna e Billy Gill foram forçados a fugir de sua casa em Redding, e não sabem quando poderão retornar. "Não saber é, sem dúvida, a parte mais difícil", disse Donna ao jornal Redding Searchlight.

O chefe da polícia de Redding, Roger Moore, advertiu que as pilhagens se tornaram um problema desde que habitantes deixaram suas casas. Duas pessoas, um homem e uma mulher, foram presos suspeitos de saquearem casas  em Redding.

O incêndio "Mendocino Complex", com vários focos próximos, destruiu mais de 9.800 hectares desde sexta-feira (27) e avança rapidamente. Apenas 10% do fogo está sob controle.

O combate contra o incêndio de Ferguson era mais animadora, já que avançou apenas 800 hectares durante a noite, embora desde 13 de julho já tenha devastado 21.700 hectares.

De acordo com o Centro Nacional de Coordenação de Incêndios (NIFC), houve 39 incêndios nos Estados Unidos que destruíram 97 mil hectares.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.