Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 12/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 12/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 12/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 12/12 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 12/12 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 12/12 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 09/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 09/12 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Tráfico de espécies protegidas: navio chinês é capturado nas Ilhas Galápagos

media As Ilhas Galápagos, ao largo do Equador, posuem reconhecida reserva protegida de animais, principalmente da fauna marinha. Getty Images

No Equador, um navio chinês que realizava pesca ilegal foi apreendido neste domingo (13) na Reserva Marinha do arquipélago de Galápagos. Os 20 tripulantes da embarcação foram presos.

Eric Samson, correspondente da RFI em Quito

A Marinha do Equador interveio em plena noite para interceptar o navio Fu Yuan Yu Leng 999, que se encontrava então a 35 milhas náuticas da ilha de San Cristobal, no arquipélago de Galápagos, no meio de uma reserva proibida para embarcações pesqueiras industriais.

O navio chinês fazia parte de uma frota que circula em torno das águas extremamente ricas em peixes e animais marinhos, uma região protegida da reserva marinha de Galápagos.

Para evitar de serem identificados, dezenas de barcos pesqueiros de todas as nacionalidades que utilizam redes se ancoram permanentemente fora da reserva. Alguns correm o risco de enviar barcos menores dentro da região protegida, ou mesmo enviam pescadores em solitário.

300 toneladas de frutos do mar apreendidas

Quando foi abordado, o navio chinês continha 300 toneladas de frutos do mar congelados, incluindo tubarões-martelo, uma espécie em risco de extinção, incluída na lista prioritária da União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN).

De acordo com o diretor do Parque Nacional de Galápagos, Walter Bustos, o navio capturado é provavelmente "a maior embarcação já interceptada na reserva". Todos os membros da tripulação foram presos e podem pegar até três anos de cadeia por "transporte e tráfico de animais protegidos".

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.