Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/10 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 14/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 14/10 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Trump se corrige e condena neonazistas, Ku Klux Klan e militantes da supremacia branca

media Trump: "racistas, neonazistas e a Ku Klux Klan são criminosos". REUTERS/Jonathan Ernst

Sob forte pressão política, Donald Trump finalmente se corrigiu, recriminando, como “maus” e “repugnantes”, os neonazistas, os membros da Ku Klux Klan e os militantes da supremacia branca, que, neste final de semana, atacaram uma manifestação no estado da Virgínia, causando a morte de uma pessoa.

“Aqueles que espalham a violência em nome intolerância atacam o coração da América”, declarou o presidente na manhã desta segunda-feira (14), em discurso na Casa Branca, televisado para todo o país.  

“O racismo é mau. E aqueles que causam violência em seu nome são criminosos e bandidos, incluindo a Ku Klux Klan, os neonazistas e os militantes da supremacia branca, além de outros grupos de ódio, que são repugnantes a tudo que nós mais valorizamos na América”, disse Trump.

Trump hesitou condenar racistas

No domingo, o presidente foi duramente criticado por políticos democratas e republicanos por sua resposta ambígua aos tumultos em Charlottesville, Virgínia, quando recriminou ambos os lados, racistas e antirracistas, pela violência.

No confronto entre manifestantes, uma antirracista de 19 anos foi morta e 19 outras pessoas foram feridas por um simpatizante nazista que teria acelerado seu carro contra a multidão.

(AFP)

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.