Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 22/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 22/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Ex-presidente da Argentina é alvo de nova acusação judicial

media Cristina Kirchner, ex-presidente da Argentina REUTERS/Marcos Brindicci

A ex-presidente argentina Cristina Kirchner sofreu nesta terça-feira (4) um novo revés judicial ao ser acusada por associação ilícita e lavagem de ativos em um processo que inclui seus dois filhos.

O juiz Claudio Bonadio, encarregado do caso, ordenou, além disso, o embargo de 130 milhões de pesos argentinos (pouco mais de US$ 8 milhões) e proibiu a saída do país de todos os processados.

Segundo a resolução, Kirchner, de 64 anos, foi processada como "autora penalmente responsável" dos delitos de "associação ilícita na qualidade de chefe em forma real com o delito de lavagem de ativos de origem ilícita agravada por su habitualidade" e de negociações incompatíveis com seu cargo.

Os filho da ex-presidente, Florencia e Máximo Kirchner, foram procesados por fazer parte de uma "associação ilícita" e os empresários Cristóbal López, Lázaro Báez, Fabián De Sousa e Osvaldo Sanfelice foram acusados de "organizadores".

Protagonista de uma saga judicial com várias causas e denúncias, Cristina enfrentará seu primeiro julgamento oral por suposto prejuízo ao Estado, em um polêmico caso de operações cambiais no final de seu mandato. O caso também é conduzido pelo juiz Bonadio. São quatro as acusações sobre Kirchner, a maioria por supostos casos de corrupção.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.