Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/09 15h00 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Papa pede que Trump não se esqueça dos pobres e marginalizados

media O papa Francisco mandou um recado para Trump no dia da sua posse REUTERS/Alessandro Bianchi

O papa Francisco felicitou nesta sexta-feira (20) o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e pediu para que ele não esqueça dos "pobres, marginalizados e necessitados" ao iniciar seu mandato.

"Rezo para que suas decisões sejam guiadas pelos ricos valores espirituais e éticos que formaram a história do povo americano", escreveu o papa em sua mensagem divulgada em inglês pela assessoria de imprensa do Vaticano.

"Espero que sob a sua liderança, os Estados Unidos mantenham sua preocupação com os pobres, os marginalizados e os necessitados", acrescentou.

Francisco também afirmou em sua mensagem que rezará para que Deus dê "sabedoria" e "força" ao 45º residente dos Estados Unidos.

Juramento sobre duas bíblias

Nas escadarias do Capitólio, Trump fez seu juramento sobre duas bíblias, uma dada por sua mãe em 1955, e a do presidente Abraham Lincoln.

Em seu discurso, o novo presidente prometeu devolver o poder ao povo americano, supostamente em detrimento da classe política em Washington, e alertou: "Devemos proteger nossas fronteiras dos estragos de outros países que fabricam nossos produtos, roubam nossas empresas e destroem nossos empregos".
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.