Ouvir Baixar Podcast
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 23/04 09h30 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 21/04 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 23/04 09h33 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 21/04 09h36 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/04 09h57 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/04 15h00 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/04 15h06 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/04 15h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Taxa de participação no 1° turno da presidencial francesa, ao meio-dia, é de 28,54%
Américas

Ao vivo: Colômbia confirma morte de 76 pessoas no acidente com equipe da Chapecoense

media O avião que transportava a delegação da Chapecoense para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional sofreu acidente. NELSON ALMEIDA / AFP

O avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, caiu na noite dessa segunda-feira (28) em Cerro Gordo, no noroeste da Colômbia. A aeronave transportava 81 pessoas, e ao menos seis teriam sobrevivido, de acordo com comunicado emitido por volta das 4h30 (horário de Brasília) pelo Aeroporto José Maria Córdova.  

10h34: Radio Caracol informa que as autoridades colombianas confirmaram a morte de 76 pessoas no acidente com a equipe da Chapecoense.

10h26: O acidente com a equipe da Chapecoense, no centro da Colômbia, deixou um número elevado de mortos, declarou um responsável da Aviação Civil colombiana. Ele confirmou que ao menos seis, entre as 81 pessoas que estavam a bordo do avião, sobreviveram.

10h10: Ao menos 25 pessoas morreram e cinco foram resgatadas com vida, informou o prefeito de La Ceja, município próximo ao local da tragédia.

10h00: O lateral Alan Ruschel da Chapecoense é um dos sobreviventes, informou a Aviação Civil da Colômbia. O jogador, de 27 anos, foi levado para o hospital do minicípio La Ceja, próximo ao local do acidente.

9h25: Ao menos 6 sobreviventes no acidente com equipe da Chapecoense na Colômbia

 

"Confirmado, a aeronave com matrícula CP2933 transportava a equipe @ChapecoenseReal", explicou o aeroporto José María Córdova de Rionegro, que serve a cidade de Medellín, no Twitter.

"A polícia nacional chegou ao local (do acidente) e está mobilizando toda a ajuda possível ", postou o aeroporto poucos minutos depois, explicando que o acidente ocorreu devido a uma "falha elétrica"

O avião da empresa Lamia, procedente da Bolívia, transportava 81 pessoas, 9 tripulantes e 72 passageiros, incluindo a equipe técnica, jogadores da Chapecoense e alguns jornalistas.

O acesso ao local do acidente, a 50 km de Medellín, é feito por via terrestre, devido às condições climáticas. Os primeiros socorros foram prestados por habitantes da região e quatro ambulâncias. O prefeito da cidade vizinha de La Ceja, Elkin Ospina, disse acreditar que o avião caiu por falta de combustível. A equipe catarinense iniciaria nesta quarta-feira (30) a briga pelo primeiro título continental diante do Atlético Nacional. O clube colombiano manifestou sua solidariedade com a Chapecoense pelo Twitter.

Conmebol suspende final da Copa Sul-Americana

Após o acidente, a Conmebol suspendeu oficialmente nesta terça-feira (29) a final da Copa Sul-Americana. "Todas as atividades da Confederação (Sul-Americana de Futebol) estão suspensas até novo aviso", afirma um comunicado.

Uma fonte da Conmebol explicou à AFP que isto significa a suspensão da "partida de ida da final da Sul-Americana entre Atlético Nacional da Colômbia e Chapecoense e o congresso da entidade que aconteceria na quarta-feira em Montevidéu".
 

 
O tempo de conexão expirou.