Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Macri se preocupa com os reflexos da crise brasileira na economia argentina

media Mauricio Macri, presidente da Argentina REUTERS/Jorge Adorno

O presidente Mauricio Macri expressou a sua preocupação com os reflexos da crise brasileira na economia argentina. Ele explicou que 40% do que a Argentina exporta têm como destino o Brasil. E que a recessão brasileira, muito profunda, segundo o próprio Macri, claramente afeta a Argentina.

 

Márcio Resende, correspondente da RFI em Buenos Aires

"Há uma parte da economia argentina que está muito relacionada com o Brasil. 40% das nossas exportações vão ao Brasil. Esta recessão que o Brasil vive e que é muito profunda nos afeta, claramente. Está afetando", diz o presidente.

Mas, apesar de uma economia brasileira ladeira abaixo, o presidente argentino prefere confiar em que o povo brasileiro com muita força e com muito dinamismo vai encontrar o caminho do crescimento. "Temos que nos preocupar e confiar em que o Brasil é um povo com muita força e com muito dinamismo e que vai voltar ao caminho do crescimento."

As declarações de Macri foram feitas à TV argentina como parte de um balanço sobre a sua Presidência que, na próxima sexta-feira, completa os emblemáticos 100 primeiros dias.

Recentemente, a ministra das Relações Exteriores, Susana Malcorra, admitiu que "a situação no Brasil preocupa" e que "a tensão política não ajuda a resolver as dificuldades da economia brasileira".

"Quando o Brasil espirra, nós pegamos uma pneumonia na Argentina", sintetizou a chanceler Malcorra.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.