Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Mercosul oferece à UE abertura de 93% de sua produção

media O presidente uruguaio,Tabaré Vázquez AFP

O Mercosul ofereceu à União Europeia (UE) incluir aproximadamente 93% de sua produção em um tratado de livre comércio (TLC) e aguarda uma resposta, informou nesta segunda-feira (22) o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez.

"Os países do Mercosul já apresentaram a lista de produtos e artigos para levar adiante um tratado de livre comércio", disse Vázquez, cujo governo exerce a presidência temporária do bloco.

Em outubro, o Mercosul havia oferecido a Bruxelas a abertura de 87% de seu mercado, mas vários países da UE consideraram a oferta insuficiente. A UE propõe uma abertura de 91,5%.

"Estamos esperando que a União Europeia decida", acrescentou Vázquez, depois de ressaltar a amplitude da oferta formulada pelos membros fundadores do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai).

Negociações foram retomadas em 2010

As negociações para um TLC entre ambos os blocos foram retomadas em 2010 após uma suspensão de seis anos. Para Vázquez, "quem tem problemas agora é a União Europeia, sobretudo por alguns aspectos vinculados ao protecionismo agrícola".

"A França pode estar entre esses países, mas também há outros países que estão se opondo porque também são produtores de alimentos e veem concorrência", disse Vázquez, que na quinta-feira (25) receberá em Montevidéu o presidente francês, François Hollande.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.