Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Américas

Washington e costa leste dos EUA se preparam para nevascas

media Neve sendo retirada da calçada diante da Casa Branca, em Washington. REUTERS/Jonathan Ernst

Habitantes do leste dos Estados Unidos, incluindo a capital federal Washington, se preparam para gigantescas tempestades de neve previstas para este final de semana. A capital americana já enfrenta problemas de trânsito por causa de nevascas mais leves.

"Uma grande tempestade invernal afetará a região do leste dos Estados Unidos entre sexta-feira e a tarde de sábado com fortes precipitações de neve, gelo, ventos fortes e inundações costeiras", anunciaram os serviços de meteorologia do leste do país.

As nevascas mais abundantes e os ventos mais fortes, de até 90 km/h, da tempestade Jonas "causarão condições perigosas com risco de morte e danos à propriedade", informou o Serviço Nacional Meteorológico (NWS).

"Estimamos que as possibilidades de se deslocar serão, senão impossíveis, muito limitadas durante o auge da tempestade na noite de sexta-feira e no sábado", acrescentou a NWS.

70 milhões de pessoas podem ser atingidas

Quinze Estados decretaram alertas, desde os da costa atlântica (entre Nova York e Carolina do Sul) até o Arkansas, no centro do país. A tempestade pode afetar cerca de 70 milhões de pessoas.

A capital americana deve ser uma das cidades mais afetadas, mas também Baltimore e talvez Filadélfia, com até 60 cm de neve. As autoridades locais decretaram estado de emergência e escolas não vão abrir na sexta-feira. Já Nova York e Boston, mais ao norte, devem escapar das nevascas.

Em Washington, nevou na tarde de quarta-feira, em plena hora de pico. E embora apenas três centímetros de neve tenham sido acumulados, provocaram grandes engarrafamentos e muitos acidentes de trânsito.

No Estado da Virgínia, a polícia informou que havia atuado em 767 colisões. Segundo o canal televisivo WJLA, uma pessoa morreu em um dos incidentes.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.