Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 23/11 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 23/11 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 23/11 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 23/11 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 23/11 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 23/11 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 19/11 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 19/11 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
África

Passagem de ciclone deixa 7 mortos e 55 feridos em Moçambique

media A passagem do ciclone tropical Dineo deixou sete mortos e 55 feridos em Moçambique Reprodução

A passagem do ciclone tropical Dineo deixou sete mortos e 55 feridos, quatro deles em estado grave, no sul de Moçambique, segundo um balanço do Instituto Nacional de Gestão das Catástrofes Naturais (INGC), publicado nesta sexta-feira (17).

O ciclone Dineo provocou danos principalmente na província turística de Inhambane, na costa sul de Moçambique, com ventos de mais de 100 km/h, chuvas torrenciais e fortes ondas.

Mais de 650 mil pessoas foram afetadas pelo Dineo nos balneários de Inhambane e Vilanculos, segundo uma estimativa do INGC.

Quase mil salas de aula e 70 centros de saúde ficaram destruídos na região, onde serão distribuídas tendas, água e alimentos.

Moçambique teme agora as inundações após a passagem do ciclone, um fenômeno frequente e muitas vezes fatal nesse país da África austral.

As inundações provocaram a morte de 800 pessoas em 2000 e de mais de 100 em 2015.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.