Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Filme sobre independência angolana fala sobre participação brasileira

Por
Filme sobre independência angolana fala sobre participação brasileira
 
Luanda, capital da Angola. Getty Images/Kostadin Luchansky - Angola Image Bank

A presença de angolanos exilados no Brasil durante parte do período de luta pela independência da então colônia portuguesa e o Brasil como o primeiro país a reconhecer o novo Estado, em 1975, são temas abordados no documentário "Independência", de duas horas, ainda inédito.

 

 

Jonuel Gonçalves, especial para a RFI Brasil

O filme é uma inciativa da Associação Tchiweka de Documentação (ATD), criada em Luanda há seis anos para estudar a luta pela independência de Angola com base nos arquivos de um dos mais destacados lideres dessa luta e entrevistas com outros intervenientes. No total foram mais de seiscentas entrevistas, dois grandes volumes de documentos, documentos para a imprensa e, agora, um documentário cinematográfico de duas horas (em fase de acabamento) que deverá ser apresentado neste ano em vários festivais internacionais. 

A figura central do grupo de estudos é o general e historiador Paulo Lara, que recentemente esteve no Brasil e falou a respeito dos resultados: “É um sentimento de satisfação por termos cumprido os objetivos, ultrapassando de dificuldades e de que o documento vai poder servir gerações futuras.”

Entre os mais de 600 entrevistados do projeto, alguns estiveram exilados no Brasil durante a luta de independência de Angola. O historiador angolano explica que o Brasil agiu pela independência de Angola em dois sentidos. Por um lado, os generais da ditadura militar brasileira, que apoiavam o regime colonialista português, chegou a prender vários angolanos. Por outro, a luta angolana teve o apoio de movimentos negros e de esquerda.

 

 


Sobre o mesmo assunto

  • Brasil-África

    Viagem pitoresca por Angola mostra presença do Brasil no país

    Saiba mais

  • Fato em Foco

    Em meio a tensão social, Angola celebra 40 anos da independência

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.