Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 21/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 21/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/08 15h00 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 19/08 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 19/08 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
África

Expropriação de terras poblema em Moçambique

media A UNAC refere que para além de prejuízos materiais, os camponeses também sofrem o impacto ambiental da implementação desses grandes projectos agrícolas. Erico Waga/GRAIN

Camponeses e agricultores moçambicanos, estão a condenar a expropriação de terras moçambicanas, o que pode pôr em perigo, a própria alimentação da população moçambicana, segundo os activistas.

expropriação de terras para dar lugar a grandes projectos já é um problema bicudo em Moçambique e que está a afectar sobremaneira as comunidades rurais que dependem deste recurso para a sua sobrevivência.

E, face a esta realidade, Lino Lassone, da União Nacional dos Camponeses, exige do governo a atribuição de DUATS, Direito de uso e aproveitamento da terra, como solução acertada, para acabar com a onda de usurpação de que estão a ser vítimas as comunidades.

"O que está a acontecer agora,  a expropriação de terras,  cada vez  mais está subindo, de forma tão alta; e dia após dia, o camponês, está perdendo a sua pertença de terra, e o estado e o governo, podiam tomar isso em consideração na distribuição de lotes, para que todo o camponês moçambicano, tenha a sua terra assegurada".  

Com 86 mil membros, a UNAC, um movimento de Camponeses, do sector familiar, que luta pela participação activa dos camponeses no processo de desenvolvimento, de Moçambique, denuncia ainda a sua exclusão nos processos de consulta comunitária que resultam depois em conflitos e a posterior usurpação das suas terras.

 

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa 27/06/2015 Ouvir

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.