Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 13/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 13/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 13/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 13/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 13/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 13/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 12/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 12/11 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
África

Apesar do acordo, a desconfiança permanece em Moçambique

media Vista de Maputo. Wikimedia

Após vários meses de tentativas infrutíferas de consenso no quadro das suas rondas negociais, o governo e a Renamo, principal partido de oposição assinaram ontem um acordo para a despartidarização da função pública, um avanço que contudo não é suficiente para restabelecer a confiança no seio da classe política moçambicana.

 

Questionado por Neidy Ribeiro, enviada especial da RFI em Moçambique, Damião José, porta-voz da Frelimo partido no poder, refere que se trata de um sinal positivo, contudo lamenta que se continue a protelar a desmilitarização dos homens da Renamo.

Damião José, porta-voz da Frelimo, entrevistado pela enviada especial Neidy Ribeiro 24/06/2015 Ouvir

Mesmo posicionamento não tem José Lopes, porta-voz da bancada parlamentar da Renamo, para quem isto é o reconhecimento de que a função pública tem estado partidarizada. 

José Lopes, porta-voz da bancada parlamentar da Renamo, entrevistado pela enviada especial Neidy Ribeiro 24/06/2015 Ouvir

Por sua vez, Sande Carmona, porta-voz do MDM, mostra-se céptico quanto à aplicação deste acordo de princípio, todavia lembra que é fundamental pôr termo ao conflito de interesses entre o Estado e a Frelimo.

Sande Carmona, porta-voz do MDM, entrevistado pela enviadas especial Neidy Ribeiro 24/06/2015 Ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.