Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 27/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 27/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 27/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 26/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 26/06 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
África

Presidente de Angola participou em encontro regional na África do Sul

media O Presidente Angolano José Eduardo dos Santos © Getty Images/Sean Gallup

A segurança na sub-região, a situação política na República Democrática do Congo e no Zimbabué dominaram a reunião da Comissão política, defesa e segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral SADC realizada esta Segunda -Feira em Pretória, na África do Sul.

O Presidente Sul-Africano Jacob Zuma que preside o órgão da Política, Defesa e Segurança reuniu-se com outros membros integrantes, os Presidentes de Angola José Eduardo dos Santos que assume a presidência da SADC, e de Moçambique, Armando Guebuza.

Antes do encontro, Jacob Zuma e José Eduardo dos Santos reuniram-se em privado no quadro das consultas político-diplomáticas entre os dois países sobre questões de interesse comum. A reunião tripartida decorreu à porta fechada. De acordo com fontes diplomáticas, os estadistas concertaram posições sobre as crises políticas na República Democrática do Congo e Zimbabué cujas abordagens merecerão atenção na próxima Cimeira da União Africana.

Angola desenvolve intensas diligências diplomáticas para uma posição comum da SADC sobre a crise pós-eleitoral da República Democrática do Congo cujas consequências são imprevisíveis para a segurança da Região dos Grandes Lagos. O Zimbabué também inspira cuidados. A crise económica, a fome e as dificuldades na implementação dos acordos com vista à normalização da vida política do país podem criar um novo conflito.

Avelino Miguel, correspondente em Luanda 10/01/2012 Ouvir

 
O tempo de conexão expirou.