Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
África

Abdoulaye Wade anuncia que pode ganhar presidenciais em 2012

media Manifestações dos motins de 23 de junho em Dacar AFP PHOTO / MOUSSA SOW

O presidente senegalês Abdoulaye Wade fez ontem, 14 de Julho, o seu primeiro discurso desde os distúrbios de 23 a 27 de junho em Dacar, afirmando claramente que será candidato às eleições presidenciais de 2012 e que ganhará.

As declarações de Wade provocaram imediatamente uma série de reacções no seio da oposição, sociedade civil e da imprensa que denunciaram uma diversão do chefe de estado senegalês.

Para o partido socialista senegalês, um dos principais partidos da oposição, o presidente Abdulaye Wade, ficou surdo à mensagem do povo senegalês e em vez de apresentar respostas às preocupações do povo veio agora representar esta cena grotesca.

 

Assim, os socialistas apelaram a novas manifestações populares para forçar Wade a não continuar com essa farsa.

 

Por seu lado, o presidente da ONG Encontro africano para a defesa dos direitos humanos, Aliune Tine, considerou que Wade não foi ao essencial que é a questão da elegibilidade.

"O combate deve continuar para tudo fazermos para que ele não seja candidato em 2012; tudo o resto não passa de diversão, sublinhou Aliune Tine.

 

Oiçamos a análise de Mussá Diagne, professor no Instituto de língua portuguesa da Universidade xeique Anta Diop de Dacar.

 

Mussá Diagne, professor do Instituto de português em Dacar 15/07/2011 Ouvir

 

 

 
O tempo de conexão expirou.